terça-feira, 8 de outubro de 2013

A maneira mais fácil de discordar de alguém

...é assumir que eles estão desinformados, e que assim que eles souberem o que você sabe, eles vão mudar de ideia (um problema de marketing).

A segunda maneira mais fácil de discordar é assumir que a outra pessoa é um pateta, um maluco, um fanático equivocado que se recusa a ver a verdade. O desejo egoísta dele em ganhar interfere no entendimento dele da verdade (um problema político).

A terceira maneira de discordar de alguém é não ouvir, de fato, o que ela tem a dizer (um problema de filtro).

A maneira mais difícil de discordar de alguém é vir a entender que eles enxergam o mundo diferentemente de você, é compreender que eles tem uma visão da realidade diferente, às vezes forjada muito antes de eles se depararem com a situação  atual (outro problema de marketing, o maior deles).

Existe, na verdade, incontáveis pessoas desinformadas. Existe, certamente, fanáticos covardes. E sim, de fato, nós ouvimos o que queremos ouvir, ou ouvimos o que a TV nos conta, ou ouvimos o que esperamos, ao invés de ouvirmos o que foi dito e a intenção por de trás. A verdade é, contudo, que nós faremos as mudanças que buscamos abraçando o trabalho duro de contar histórias que ressoam, ao contrário de repudiar os outros que aparentemente não concordam conosco.

___________________
Texto original em Seth's Blog